Friday, April 22, 2005

Praia

As saudades que te sinto rodeiam me como a suave brisa que passa nas areias da praia do tempo!
Essa brisa que nos envelhece e distrai, mais e mais a cada onda que lambe a praia.
A brisa que nos confunde a memória e apaga os rostos dos demónios e anjos do nosso passado, como a água vai apagando as pegadas menos profundas!
Apaga muito essa a brisa mas não te apaga a ti, pois não és pegada, és rocha e faról!
És simbolo que perdura na praia dos meus sonhos!
És me tanto que chega a ser pequeno o lugar onde te representas em mim.
Porque nem sempre as coisas que ocupam o maior espaço em nós são as mais valiosas.
Nem sempre aquilo que nos consome mais tempo é o que nos consome mais atenção.
Guardo te a ti numa pequena caixa, junto das mais valiosas jóias!
O que me és, serás sempre.
Mesmo depois de o sempre apagar quem sou!

Sinto a tua falta (tanto, tanto ...)

4 Comments:

Blogger Joanissima said...

Meu querido... Que palavras lindas e profundamente nostálgicas... A saudade, esse ser português de forma tão única, é um sentimento de alma.
Gostei muito, muito deste post.
Beijos de jasmim e sorrisos... dos nossos...

3:31 PM  
Anonymous Anonymous said...

porque a saudade tbm consta no meu dicionario...so t posso pedir desculpa por nao t ter amado e por me sentir feliz pk amo algm k me ama...pk relamente pa mim tbm contou e ineskecivel hade ser...pode ser rude, mas kd me apercebi k o amo-te nao era sincero disse-te...

por fim...pk t admiro e pk te invejo por amares se calhar mais do que algm dia vou ser capax de amar seja o k for!

11:57 PM  
Blogger Frederico said...

Revelaste em poucas palavras a dimensão do teu amor por alguém.
Mas não te esqueças Gonçalo, só podes contar com quem te deseja.
Amei quem me rejeitou. Casei com quem me compreendeu.
Tenho três filhos e sou emocionalmente muito feliz.
A infelicidade que se apodera muitas vezes de mim tem a ver com a sociedade portuguesa, onde os interesses (leia-se também “corrupção”) tomam conta do projecto nacional.
Tens uma personalidade muito interessante e chegará o dia em que encontrarás o teu amor. Porque nessa altura será correspondido.

Um abraço

10:19 AM  
Anonymous David Silva said...

olá!
um post de um simples rapaz que por sorte encontrou o teu blog.

tenho a dizer que tens textos muito bons(li quase todos)...muito carregados de sentimentos... bons!o amor é uma coisa lixada nao achas?

decidi deixar aqui o meu post talvez como uma tentativa de incentivo para que ponhas mais textos teus aqui...=)

Realmente...as Filipas sao lixadas nao é..?
eu sei eu sei...tambem tenho a minha dose (com grande coincidencia é verdade) com uma Filipa...=)
diz qualquer coisa para aqui...
mais tarde virei ver ;)
um abraço **

7:58 PM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home